RH, Coronavirus e os colaboradores: veja as ações de grandes empresas

A pandemia do Coronavírus tem afetado diversos setores da economia e exigido das empresas, profissionais de RH e colaboradores em geral, atitudes rápidas, estratégicas, pontuais e, muitas vezes, extremas.

Por isso, trouxemos alguns exemplos do que grandes empresas estão fazendo para apoiar seus colaboradores durante esse período de incertezas e inspirar suas ações.

Nubank

Para garantir o conforto e a produtividade dos colaboradores, a fintech enviou cerca de 500 unidades de cadeiras ergométricas para seus funcionários em home office. A expectativa da empresa é entregar mais mil.

Google

“A Alphabet, empresa-mãe do Google, possui cerca de 100 mil funcionários espalhados pelos 11 escritórios dos Estados Unidos e Canadá. A empresa foi uma das primeiras a solicitar que todos seus trabalhadores ficassem em casa. AmazonMicrosoft e Facebook também já haviam pedido o mesmo aos seus funcionários de Washington.

O Google também afirmou que vai conceder licença médica a funcionários que não trabalham em período integral e que não possuem o benefício.”

fonte: ttps://olhardigital.com.br/coronavirus/noticia/coronavirus-google-pede-aos-funcionarios-trabalharem-de-casa/97882

Uber

A empresa disponibilizou auxílio para motoristas e entregadores contaminados pela Covid-19. A assistência financeira dura por 14 dias, após comprovação do diagnóstico por uma autoridade de saúde pública ou médico licenciado.

Acesse https://www.uber.com/pt-BR/blog/apoiando-voce-durante-o-coronavirus para saber mais sobre as ações da Uber.

Veja também: 3 dicas para ser mais produtivo no trabalho

Apple

A gigante da tecnologia pagará o salário de todos os funcionários normalmente durante o período de quarentena, mesmo após o fechamento das lojas físicas da marca. Além disso, todos os funcionários terão acesso à licença médica ilimitada. Ação importantíssima para proteger os colaboradores durante esse momento de incertezas.

Amazon

Devido o considerável aumento das compras online, a varejista abriu 100 mil vagas de emprego nos centros de distribuição e redes de entrega nos EUA. 

Além disso, a empresa também anunciou aumentos salarias para seus funcionários em abril, como uma forma de reconhecer todo o esforço durante esse período de alta demanda. A Amazon também afirma ter adotado várias medidas de distanciamento social e reforço nas políticas de higiene, além de do home office para alguns colaboradores.

Olist

A startup curitibana Olist adotou o 100% trabalho remoto durante a quarentena e também disponibiliza ajuda de custo para os colaboradores cobrirem gastos gerados pelo home office.

Walmart

A maior cadeia de supermercados dos Estados Unidos também sentiu o aumento da demanda por produtos e anunciou a contratação de 150 mil funcionários para cargos em tempo integral, meio período e temporários.

Veja também: Contrato de estágio durante a Pandemia do Coronavírus: como fica?

logo fácilcon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s