Qual a diferença entre eficiência e eficácia e por que é importante saber?

Dá pra ser eficiente sem ser eficaz?

Eficiência e eficácia são conceitos diferentes, mas parecidos. O pai da administração moderna, Peter Drucker, define eficiência e eficácia assim:


A eficiência consiste em fazer certo as coisas: geralmente está ligada ao nível operacional, como realizar as operações com menos recursos – menos tempo, menor orçamento, menos pessoas, menos matéria-prima, etc… Já a eficácia consiste em fazer as coisas certas: geralmente está relacionada ao nível gerencial”.

Mesmo assim, ainda é um pouco confuso diferenciar esses dois conceitos. Eles são características distintas, mas que, quando somadas, trazem equilíbrio e produtividade quando falamos de vida profissional.

EFICIÊNCIA x EFICÁCIA

Eficiência é, em geral, o modo como certa questão é resolvida, de forma mais rápida e utilizando menos recursos. Por exemplo: há um pequeno vazamento na cozinha do seu apartamento. Quando você percebe a água já está invadindo a sala. Rapidamente, e com muita eficiência, você parte para enxugar a poça d’água e secar o chão. Fez o que tinha que fazer naquele momento, afinal de contas, não ia querer que alguém escorregasse no chão da cozinha.

No dia seguinte, a poça de água aparece novamente. Você foi eficiente ao limpar o chão e não permitir que a água avançasse mais, mas não foi eficaz, pois não solucionou o principal problema. Portanto, dá sim para ser eficiente, sem ser eficaz, e vice-versa.

Eficácia é, como vimos na definição de Peter Drucker, fazer o que é certo. Ou seja, pensar antes de executar, e assim, executar da maneira certa a coisa certa. No nosso exemplo do vazamento, ser eficaz seria ir direto na causa do problema: o vazamento. Parar o vazamento iria resolver o problema definitivamente.

Então preciso ser eficaz ou eficiente?

Os dois, mas, dependendo do que seja, um será mais importante que o outro. No exemplo do vazamento, ser eficaz acabaria com o problema. Mas a ação de secar a água do chão também era necessária. Então, no caso do vazamento, foi preciso de eficácia e eficiência.

Uma confeiteira, por exemplo, tem mais foco na eficácia. Ela conhece todos os processos, e os realiza com perfeição. Dificilmente errará as receitas, fará seus doces com eficácia. Mas, como ela é responsável por todas as etapas, desde a produção até a venda, não conseguirá ser muito eficiente. Ela tem um limite de doces que consegue produzir. Entende?

Por que a eficiência e eficácia são importantes?

A soma dessas duas características é o ideal. Na vida profissional precisamos descobrir como fazer as coisas de maneira correta, utilizando menos recursos e menos tempo, pois isso é a nossa produtividade. Entretanto, também devemos ser eficazes, fazer com que as coisas certas sejam realizadas. Isso é a efetividade no trabalho.

Não basta fazer uma tarefa com eficiência se ela é totalmente inútil no momento. Assim como, não adianta fazer tarefas necessárias e importantes vagarosamente e sem qualidade. Isso também tem muita a ver com nosso mindset.

Conseguiu entender de uma vez por todas as diferenças?

A sistema fácilCON fornece dados completos sobre seus estagiários. Assim, você pode planejar ações e fazer diagnósticos para traçar seus objetivos baseado em dados concretos da sua empresa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s